Quarta-feira, 30 de Julho de 2008

É de ficar com os cabelos em pé

Apanhei o autocarro do costume e à mesma hora do costume, mas o motorista do costume não disse o que costumava dizer quando chegava ao sítio do costume, ou seja, deveria ter dito algo do tipo: Padrão, Loureiro e Santo António fazem o favor de trocar de autocarro.
Bem que achei estranho o homenzinho que tem cara de enjoado não ter dito nada disto, mas deixei-me estar até ver onde aquilo iria parar e parou, sim parou, na última paragem!
Mau… e então?! E a ligação não há?!
Achei aquilo muito estranho e fui fazer uma visitinha ao senhor de lá da frente:
 
_ Desculpe, mas este autocarro não costumava fazer ligação com o que ia para Santo António?!
_ Costumava fazer e faz.
_ Há que giro… e então onde está a ligação?! É que eu queria ir para Santo António.
_ Então deveria ter saído lá atrás.
_ Pois devia, devia, mas o senhor também deveria ter parado e ter dito que era para trocar como sempre faz e hoje não fez!
_ Só não o fiz porque não havia ninguém para Santo António.
_ Há pois, não havia ninguém… e então e eu?! Hum?! Como faço?! É que por sua causa já perdi o outro autocarro…
_ Menina, desculpe lá mas vai ter de sair aqui…
 
Ai o caraças, mas está a gozar com a minha cara é?! Estou cá com uma vontade de te espancar que nem imaginas… meu grande camelo do caraças! – pensei.
Lá saí do autocarro, mas antes de sair ainda lhe disse com todas as letras Vou fazer queixa de si à empresae vou mesmo!
Como é que ele podia ter a certeza que não existia ninguém naquele autocarro para ir para Santo António hum?! Há pois, tanto sabia que deu neste lindo serviço!
Decididamente a sexta-feira foi um péssimo dia.
Foi a minha mãe que acordou zangada com tudo e com todos…
Era eu que ia caindo à entrada do Modelo…
Humpuft…
Mas isto?!
Aiiiiiiiiiiii…
Isto é de ficar com os cabelos em pé…
 
 
sinto-me: AINDA com os cabelos em pé
publicado por Sol de Inverno às 11:15
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 5 de Março de 2008

Preciso de ti

Smooth as Silk

 

Procuro no teu olhar o brilho que anteriormente me ofuscava , mas de tanto o procurar acabo por não o encontrar... Será que ainda se encontra lá ou será que te abandonou sem avisar?!

Sinto que a cada dia que passa nos perdemos um pouco mais...

Sinto tanto a tua falta... A falta daquele olhar que me deixava feliz, que fazia com que um sorriso se rasgasse no meu rosto sem esperar que tal acontecesse...

Preciso de ti como do ar para respirar...

Preciso de ti como uma planta necessita de água para não morrer...

Preciso de ti!

 

 

4 de Março de 2008

publicado por Sol de Inverno às 18:41
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

>mais sobre mim

>pesquisar

 

>Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

>posts recentes

> É de ficar com os cabelos...

> Preciso de ti

> Diz-me

> Posso?

> Devagar

> Odeio

> E tu, és feliz?!

> Cromossomas

> Farta

> Acerca de mim

>arquivos

> Julho 2008

> Março 2008

> Janeiro 2008

> Setembro 2007

> Agosto 2007

> Julho 2007

>tags

> todas as tags

>links

blogs SAPO

>subscrever feeds